sábado, 14 de agosto de 2010

Tem celebridade que se presta...


Não acredito que quem criou esse cartaz não previu a óbvia debochada: "Pela posição da Aniston, de onde o Gerard buttler tirou as algemas?"

Nota rápida: pobre feminismo, que com tanta luta não conseguiu tornar inaceitável um filme baseado numa narrativa que racionaliza (mas não disfarça) o macho caçando e tomando à força a fêmea, enredo bem representado por um homem sentado sobre uma mulher, caída no chão, mais calma do que se tivesse descoberto que estava despenteada no shopping.

Quando a gente acha que o politicamente correto vai tomar a América...

2 comentários:

disse...

a Rachel jamais faria isso!

ó meu deus!

Tigre disse...

Pior! A Rachel? Encostar no chão? Imagina!