quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A família e o Estado

A revista Época desta semana tem como matéria de capa um tratamento sobre a participação de Dilma na luta armada durante a ditadura. Talvez eu possa comentar mais tarde a matéria em si e algumas coisas relacionadas, mas não pude deixar para depois citar os trechos que estão destacados na própria matéria. Observem que consistência e relevância guiaram a escolha das frases a ficarem em negrito, no meio das páginas:

"Dilma foi denunciada por chefiar greves e assessorar assaltos a banco" (fraseamento dos milicos)

"Com dinheiro fornecido pela VAR Palmares, Dilma comprou um Fusca 66" (!!!)

"A VAR Palmares durou apenas três meses. Rachou por divergências de orientação"

"Dilma e o ex-marido costumavam se encontrar no pátio para 'visitas higiênicas'"

E a última, francamente a minha predileta:

"'Dilma não tinha nenhum talento na cozinha', diz uma colega de presídio"

Que horror! Estou chocado! Como uma mulher que não sabe pilotar fogão poderia governar o país? Tomara que pelo menos o Serra saiba fazer consertos e instalações em casa!

Um comentário:

carla m. disse...

Ou ao contrário lindo. Como ela não tem talentos domésticos, deve ser uma ótima futura governante, afinal, não faz essas coisas de mulherzinha... aff!