segunda-feira, 27 de julho de 2009

2o dia de blog nasce promissor

Humildemente acordo pensando que vou deixar o blog apenas iniciado por um tempo, aberto, ali, para quando tiver algo a dizer. A primeira coisa que vejo é o Correio do Povo e duas pérolas óbvias na capa. É, espero que a saga dure...

A primeira é muito simples, base da 1a página: "Nenhum de Nós homenageia os Beatles hoje no Bourbon". Por quê? Tá todo o mundo tão ocupado assim? - por favor, digam que o pessoal não fez essa manchete de propósito. Ou seria melhor se sim?

A outra está logo acima. "Senadores podem desistir de continuar apoiando José Sarney". Jornalismo hardcore, nitidamente a noítica não é outra que a esperança, com aquele 'podem' de início e 4 das 6 palavras sendo verbos que lutam pra modular a coisa toda. Mas existem outros indícios da base esperançosa da 'notícia'. Em primeiro lugar ela se baseia numa avaliação feita pelos próprios políticos. Uhu, quem desconfiaria da palavra deles, né? Por falar em desconfiar, um dos que 'se adiantou' a defender o afastamento nessa nova fase, 'final das férias', foi Garibaldi Alves, ex-presidente do Senado. Bem, digamos que não é um título dos mais confiáveis a se colocar do lado de qualquer nome... Será que o pessoal do Correio não gosta do Garibaldi?

O nonsense geral de, depois de tudo que já foi apontado, os senadores ainda poderem desistir de continuar apoiando não é comentado, é claro. Todo mundo é parcial, o que não quer dizer que alguém vá ter cara-de-pau de expressar opinião.

Gostei particularmente do 'desistir'. É o limite das forças, mas eles foram amiguinhos até o fim (fim? acho que o otimismo da matéria está me afetando)... E a fidelidade canina deles não deixa de ser implicada no texto, pelo menos. Tá ali no segundo parágrafo da matéria: "Até o presidente Lula estaria sendo aconselhado a não defender com tanta veemência o presidente do Senado" - Sim, mais modulações mil. Essa foi bonita, né? Estou acordando particularmente orgulhoso de hipóteses e políticas: 'Até' - 'estaria' - 'aconselhado' - 'com tanta veemência'... ahhhhh. Modulações adequadas, é claro, já que ainda assim o pessoal do PT que não quer apoiar Sarney está agindo contra a decisão do Lula. Será que é porque seis petistas disputam o comando nacional do partido, como está convenientemente apontado numa matéria logo ao lado das frases finais dessa do Sarney? Hmmmmm, o Correio está muito 'subliminar'............ Mesmo tom, a matéria que não aponta o absurdo da coisa toda está cercada de mais noticietas de escândalos antigos e novos do senador.

Agora, o romantismo geral é dado no início da matéria, seu fundamento, a hipótese defendida já no título: "Cobrança de eleitores deve minar blindagem de Sarney". Quando políticos começaram a se preocupar com opinião pública? Acordo feliz no mar de rosas de tantas esperanças e idealismos trazidos em uma única matéria...

2 comentários:

Leo disse...

Tigrón, dois comentários:

1) por que é mesmo que tu não virou lingüista?
2) adoro blogueiros que postam todo dia :D

Tigre - Perêra disse...

1) porque não queria acabar perdendo o trema de minha profissão...
2) adorei já receber comentários já no primeiro :D